Notícias

Geral

Transparência e ética

Serpro reafirma seu compromisso com a integridade

por Comunicação Empresarial - Brasília — 26 de maio de 2017
Diretora-presidente Glória Guimarães assina termo de adesão ao Programa de Fomento à Integridade Pública da CGU
materiaIntegridade.jpg

Para demonstrar seu comprometimento com a integridade, a ética e a transparência e o alinhamento com as políticas públicas de governo, o Serpro aderiu, nesta quinta-feira, dia 25, ao Programa de Fomento à Integridade Pública (Profip). O projeto é uma iniciativa do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) que tem o objetivo de incentivar e capacitar empresas e órgãos do Executivo a implementarem programas de integridade. O termo de adesão foi assinado pela diretora-presidente do Serpro, Glória Guimarães, na sede da empresa, com a presença da secretária de Transparência e Prevenção da Corrupção (STPC), Cláudia Taya.

"Acreditamos que uma empresa firmada em pilares fortes, no que diz respeito à ética, transparência e compliance, certamente é uma empresa que tende a ser mais íntegra e duradoura. O Serpro tem 52 anos e já possui alguns mecanismos de controle de risco e fraudes. O que fizemos foi aperfeiçoar o movimento e, principalmente, disseminar esses princípios de maneira mais abrangente dentro da empresa para conscientizar as pessoas. Internalizando esses elementos, conseguimos blindar a ocorrência de muitas atitudes inadequadas", disse Glória.

Durante o encontro, Glória ressaltou que o Serpro foi a primeira empresa do Ministério da Fazenda a implementar uma política de risco aderente à Instrução Normativa Conjunta MP/CGU Nº 01 e a primeira empresa a adequar seu estatuto em conformidade com a Lei das Estatais. "Damos tanta importância ao tema compliance e integridade que um dos primeiros atos da nossa gestão foi criar uma diretoria de governança para, justamente, organizar o que já existia, aprimorar os processos e, principalmente, conscientizar as pessoas de que esses princípios têm que estar internalizados, assim como a tecnologia e a segurança", afirmou a diretora-presidente.

A diretora de Governança e Gestão do Serpro, Izabel Freitas, que também estava presente, destacou as principais realizações da empresa para o combate à corrupção. "Com muito orgulho faço parte de uma gestão que atua de forma íntegra. Estamos reforçando esses valores dentro do Serpro. A principal área de atuação da equipe de integridade é realizar o trabalho de mitigação dos riscos voltados para fraude e corrupção. Além disso, fortalecemos o canal de denúncia e realizamos campanhas de divulgação dos conceitos e políticas relativas a esse tema", enfatizou.

Para a secretária Cláudia Taya, o Serpro está a frente de outras iniciativas voltadas à integridade no governo. "O Serpro está em outro patamar e ficamos muito felizes com essas boas práticas. Compartilhar essa experiência no governo é fundamental para fortalecer esse estímulo que estamos dando ao movimento de compliance, de risco, de segurança e, assim, garantir essa ética no sistema público", declarou Cláudia.

Participaram também do encontro integrantes da Diretoria de Promoção da Integridade, Acordos e Cooperação Internacional da STPC e a equipe de integridade da Superintendência de Controles, Riscos e Conformidade do Serpro.

O Programa

O Profip foi instituído pela Portaria nº 784, de 28 de abril de 2016, é uma iniciativa da CGU para incentivar e capacitar os órgãos e entidades do Poder Executivo Federal a implementarem programas de integridade e promoverem um ambiente corporativo mais íntegro, ético e transparente. O programa estabelece aos órgãos e entidades que realizem a adequação de seus quadros de integridade aos riscos específicos da organização, principalmente no relacionamento com o setor privado, por meio da construção de planos de integridade efetivos e eficazes na prevenção da corrupção.

Integridade na empresa

O Serpro lançou, em março deste ano, o Programa de Integridade que é um componente do sistema de governança empresarial e conjuga instrumentos de gestão e controle. Integra as medidas já existentes e institui novas medidas para prevenir, detectar e remediar a ocorrência de desvios, fraude e corrupção. Essas medidas são implementadas de forma sistêmica, para assegurar que a atuação organizacional esteja pautada em princípios éticos e de integridade.

Para um efetivo funcionamento, o programa implementa o Sistema de Integridade do Serpro, formado por procedimentos, normas e um fluxo que integra diversas instâncias de gestão e controle: Comissão de Ética do Serpro; Ouvidoria-Geral; Departamento de Aplicação do Regime Disciplinar Empresarial do Gabinete da Presidência; e Superintendência de Controles, Riscos e Conformidade.

O Serpro possui, ainda, um Guia de Integridade que apresenta as políticas, procedimentos e componentes do Sistema de Integridade já implantados pela empresa, e representa o compromisso do Serpro com a ética, a integridade e os princípios da administração pública. O documento orienta os empregados e todos que se relacionam com o Serpro sobre a importância da prevenção, da detecção e da interrupção imediata de eventuais desvios relacionados à fraude e à corrupção

Contato