Notícias

notícias

Notícia

Tecnologia

Serpro participa das discussões para a melhoria do sistema prisional brasileiro

Tecnologia desenvolvida pela empresa vai consolidar, em uma única base, todos os dados das instituições penitenciárias do país
Serpro participa das discussões para melhorias no sistema prisional brasileiro
por Comunicacao Institucional Serpro — 11 de junho de 2019

Diretor André de Cesero participa do Consej em Manaus

O Conselho Nacional dos Secretários de Estado da Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Administração Penitenciária (Consej) se reuniu, na última segunda-feira, 10 de junho, em Manaus, para discutir melhorias no sistema prisional brasileiro. O Serpro participou do encontro que possibilitou aos secretários de estado de administração penitenciária a troca de informações para a construção de estratégias voltadas à promoção de políticas púbicas penitenciárias em todo o país.

O Serpro será o responsável por consolidar, em uma base única, todos os dados dos sistemas penitenciários utilizados nos 26 estados e no Distrito Federal. "O nosso compromisso é que, até a primeira quinzena de julho, tenhamos a fotografia inicial de todos os dados do complexo penitenciário do Brasil. Estamos fazendo o levantamento dos dados, independentemente dos sistemas adotados nos estados, para trazer todas as informações a uma base única nacional", afirmou o diretor de Relacionamento com Clientes do Serpro, André de Cesero.

O diretor destacou que, em fevereiro de 2017, o Serpro desenvolveu, para o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJ), o Sistema de Informações do Departamento Penitenciário Nacional (Sisdepen). Alguns estados já utilizam esta ferramenta web, que tem o objetivo de mapear o sistema penitenciário brasileiro, bem como centralizar e padronizar as informações sobre toda a população carcerária. O Depen é o responsável pelo fomento de políticas penitenciárias, especialmente por meio da celebração de contratos de repasse, convênios e doações às unidades federativas.

"O Sisdepen está passando por melhorias. E o Serpro está dedicando todo o esforço, seguindo a orientação do governo federal, para o aperfeiçoamento da construção de uma política pública prisional mais eficiente e eficaz. Estamos atuando de uma forma propositiva, mostrando as alternativas e soluções de tecnologia da empresa para que consolidemos um sistema único nacional, a fim de que todos os estados possam se organizar nessa esfera," considerou André de Cesero.

As reuniões do Consej ocorrem a cada três meses e promovem o diálogo entre os entes federativos, sendo uma importante iniciativa para as melhorias nos serviços penitenciários. A próxima reunião do Conselho será no início de agosto, no Rio de Janeiro, e o Serpro também estará presente. O encontro de Manaus contou com a presença do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e do presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, desembargador Wellington Araújo.





Contato