https://www.serpro.gov.br/menu/quem-somos/governanca-corporativa/eleicao-ca/eleicoes-ca-2020/marco-aurelio-sobrosa-friedl

Marco Aurélio Sobrosa Friedl

Sobrosa

Sobrosa

 

Nesses 55 anos de atuação do SERPRO, sempre pautado na excelência da prestação dos serviços aos seus clientes e utilização de tecnologia da informação para sustentação das estratégias e políticas públicas de Estado, nunca houve um risco tão alto em relação ao desmonte da empresa e a sua consequente privatização, como ocorre neste momento.

O governo por desconhecer efetivamente o papel e potencial do Serpro, somado ao interesse básico de repassar os serviços à iniciativa privada, encaminha o processo de privatização da empresa.

Neste contexto, somado a experiência de 36 anos de empresa, em áreas como produção, desenvolvimento e negócio, inclusive em funções gerenciais, venho me candidatar no propósito de atuar, se eleito, com coragem, dedicação e defesa incondicional dos interesses de todos empregados.

No exercício da função buscarei atuar com os seguintes propósitos:

• Resistência ao desmonte da empresa e à privatização;
• Oposição a qualquer proposição de dispensa de empregados;
• Manutenção da representação formal da empresa em todos os Estados;
• Manutenção dos empregos e criação de oportunidades;
• Qualificação do quadro de pessoal;
• Alocação prioritária dos empregados nas áreas fim da empresa;
• Proteção e privacidade dos dados dos cidadãos;
• Investimento em tecnologias para aplicação aos serviços, em especial aqueles destinados aos nossos grandes clientes;
• Melhora na estruturação do pós-venda dos novos serviços, aproveitando ao máximo da força de trabalho dos empregados em nível nacional.

O tema privatização será tratado reiteradamente, devendo concentrar esforços para sua reversão, mesmo entendendo que as decisões ocorrerão em âmbito externo, como Ministério da Economia e congresso nacional. A privatização traz, naturalmente, a dispensa de empregados, como a história nos mostra, independente do nível de qualificação dos profissionais. A empresa privatizada passa atuar exclusivamente na obtenção de lucros, diferentemente de uma empresa estatal, que faz parte das estratégias de Estado e mantém interesses nos serviços para sociedade.

Quanto à comunicação, é fundamental que o conselheiro eleito busque a interlocução junto às representações formais dos empregados do Serpro, que são as OLTS, sindicatos e federações, reforçando a capacidade de atuação. Além disso, o conselheiro deverá ter o compromisso em ouvir os empregados e promover feedback, sistematicamente.

E-mail: sobrosa@portoweb.com.br

Whatsapp: (61) 991619827

Contato