Nesta página você encontra conteúdos, como notícias e artigos, que abordam, de diferentes formas, a relação entre negócios e LGPD

 

A LGPD já é "ofertada" em seu pacote?
Seu cliente quer, é claro, adquirir produtos e serviços, mas com a garantia de que a privacidade dele será respeitada

Como se tornar um DPO?
Especialistas do mercado e de governo compartilharam suas experiências com o público do Seminário Serpro de LGPD

O crescimento das PrivacyTech e a LGPD
Para Aline Deparis, CEO do ramo de TI, o atual cenário é uma oportunidade para empresas aprimorarem, com o apoio de startups especializadas em privacidade, a gestão de dados pessoais

Sobre cintos de segurança, LGPD, pequenas empresas e interpretação
A aplicação da lei a micro, pequenas e médias empresas é tema do artigo de Sergio Pohlmann, profissional de TI e autor do livro LGPD Ninja

O que a LGPD tem a ver com o empoderamento digital?
As empresas terão que se reinventar neste novo mundo em que o poder de decisão sobre o que acontece com os dados pessoais fica nas mãos dos cidadãos. Essa é a avaliação de Alessandro Tornago, executivo de transformação digital

LGPD deve estar presente também na hora de alugar e comprar imóveis
Wellington Carrilho, economista com expertise no mercado imobiliário, reforça que esse mercado deve atentar-se aos requisitos da lei, inclusive quando realizar análises de risco

Colaboradores conscientes e inventário de dados
O advogado Paulo Barros, que estuda sobre compliance e integridade corporativa, reforça que os dois tópicos acima não podem ficar fora da lista de início de ano da empresa que quer, de fato, se adequar à LGPD, que entra em vigor em agosto

Menos de um ano para a LGPD: sua empresa está preparada?
A lei, sancionada em 14 de agosto de 2018, ajuda, de certo modo, as ações das companhias nacionais dentro e fora do país, visto que, simplifica a forma de governar e de tomar atitudes relacionadas à segurança da informação. É o que frisa o autor do artigo, Leonardo Fagnani

Olhar além para expandir a credibilidade e os negócios
O empreendedor deve enxergar a LGPD não como algo para multar e fechar negócios, e sim como um caminho para aumentar a credibilidade, o maior patrimônio de uma empresa. É o que aposta o advogado Pablo Vitório, especialista em proteção de dados

Por uma cultura de startups alinhadas à LGPD
Para Matheus Barbosa, da Comissão de Direito das Startups da OAB/PE, se adequar à lei é garantia de escalabilidade e perpetuação para as startups. E um diferencial de mercado, inclusive na hora de negociar com empresas maiores, uma vez que essas só estarão ajustadas à LGPD se todos seus fornecedores também estiverem

Rotinas e contratos de trabalho serão impactados pela LGPD?
Neste artigo, o advogado trabalhista Nicolau Olivieri destaca que sim, pois o que antes podia ser interpretado como só mais uma “ficha de registro” de empregado, passa a ser um conjunto de dados pessoais sujeitos à proteção da lei

 

Usa e-mail marketing e cadastro de clientes para impulsionar as vendas?
Se sua empresa recolhe dados por meio de landing pages, formulários, ou mesmo de assinantes de uma simples newsletter, isso significa que será necessário se adequar às regras da LGPD. É o que alerta o profissional de gestão de marketing Leonardo Stival

Empresas estão ou não preparadas para atender a LGPD?
A resposta é não, e vale para a maioria das organizações. É o que mostram duas pesquisas recentes, realizadas no país

A LGPD impactará quem cede e quem pede empréstimos?
A nova lei, ao garantir ao cidadão amplo acesso aos dados, e o direito de revisar decisões de crédito automatizadas, impõe às empresas mais cautela ao aprovarem ou negarem um crédito, o que não poderá mais ser definido com base em dados discriminatórios ou em dados sensíveis. É o que explica Vitor Amorim, advogado especializado em proteção de dados pessoais


“Novo bug do milênio” ou solução para o futuro dos dados pessoais?
Alguns brasileiros acham que uma nova lei é sinônimo de “mais proibições”, mas a lógica da LGPD não é atrapalhar, e sim gerar mais segurança jurídica, liberdade econômica, atualização do governo e privacidade ao cidadão: o qual é o centro da lei que, daqui a exato um ano, entra em vigor. É o que aposta o diretor Gileno Barreto, do Serpro   

Jogue limpo com o dono dos dados
Ricardo Aguilera, consultor em TI para empresas, reforça a você, pequeno ou grande empresário, uma das regras básicas da LGPD: já utilizou os dados pessoais do cliente para a finalidade pedida, delete-os. Só armazene-os se tiver solicitado consentimento explícito para isso

Você se preocupa com a reputação de sua empresa?
Se sim, o especialista Rafael Nóbrega frisa que, na era dos dados pessoais, considerados o “novo petróleo” do mundo, focar na análise de riscos e na adequação à LGPD é fundamental tanto para manter o caixa como a confiança de seus clientes

Do micronegócio ao grande e-commerce: é hora de se adequar!
Hélio Cordeiro frisa que, apesar da falsa sensação de tempo pelo intervalo de meses até o vigor da LGPD, as organizações devem agilizar processos de segurança da informação, principalmente aquelas em baixo estágio de maturação de cibersegurança e gestão da informação

A LGPD busca nos proteger do risco que está por vir
André Felippe Marques frisa que a relação homem e tecnologia tornou-se um produto, e a comercialização dessa relação traz ameaças. O advogado acredita que, para criar uma mentalidade ética e contra o uso indevido de dados pessoais, é essencial se adequar à nova lei

Serpro LGPD
Serpro e LGPD:
segurança e inovação